UOL Olimpíadas 2008 Blogs dos Atletas
 

Fabíola Molina - Natação

05/09/2008

Troféu José Finkel

   Oi Pessoal,
 
   Minha primeira prova do Finkel foi muito legal, nadei os 50 costas nas eliminatórias para 28.22, meu melhor tempo e recorde sul-americano.Essa marca também é a 7ª marca do mundo esse ano.
  Nadei bem concentrada para fazer meu melhor e fiquei feliz de comecar a temporada chegando cada vez mais perto do 27, que é o recorde mundial.
  Na final, também nadei bem, mas cansei mais que ontem, e fiz 06 centésimos acima, 28.28 garantindo a medalha de ouro. O Diogo também fez bonito e foi bronze nos 400 medley com 4.30.77.
 Agora descansaremos até sábado quando nadamos as eliminatórias dos 100 costas (eu) e 200 medley (Diogo).
 Está um calor gostoso em SP,é bom competir com esse clima !! Meu pai veio assistir a competição hoje e foi gostoso !
 
 Um beijão a todos!
 
 Fabiola
 
 
 

Escrito por Fabíola Molina às 09h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
02/09/2008

Retornando

Oi Pessoal,
 
Fiquei uns dias sem escrever aqui no Blog, curtindo o retorno a casa.
O vôo Beijing - Toronto - SP foi bem cansativo, mas já estou  recuperando as forças.
Na quarta- feira fui a piscina nadar, pois nessa semana começa o Troféu José Finkel, que vai ser no Corinthians, em SP. Quarta a tarde tem as eliminatórias dos 50 costas e dos 400 medley do Diogo.
Apesar de não ter tirado muitas férias, já estou animada com a próxima temporada!
Tem sido interessante ouvir e ler as opiniões dos brasileiros em relação as Olimpíadas. Algumas pessoas nos  parabenizam por estarmos entre os melhores,outros lamentam porque não trouxemos medalhas, mas dizem que mesmo assim fizemos bonito, e alguns criticam a atitude de estarmos satisfeitos com os resultados (não tão positivo em algum ponto de vista). A verdade é que poucos brasileiros um dia foram atletas e chegaram a competir em uma Olimpíada, então não sabem,não conseguem medir,entender ou sentir o que é estar lá, fazendo o seu melhor e trazendo sua medalha pessoal. Eu amo ganhar, me superar e é isso que me dá motivação, não só competir, mas ser o melhor que eu possa.Se o meu melhor ainda não foi o suficiente para uma medalha olimpíca,vou continuar trabalhando para superar meus próprios limites.
 
Beijão a todos,
 
Fabíola

Escrito por Fabíola Molina às 00h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
Perfil

Aos 33 anos e em plena forma física, Fabíola Molina volta à delegação brasileira em Pequim após ter ficado de fora das Olimpíadas de Atenas-2004. Recordista sul-americana dos 100 m costas, Fabíola conquistou o índice olímpico da prova em março deste ano. No Pan do Rio de Janeiro, a nadadora subiu duas vezes ao pódio: levou a prata nos 100 m costas, e ajudou o quarteto brasileiro a ficar com o terceiro lugar no 4 x 100 m medley.

Busca
Neste blog Na Web

Histórico